Associação Lagoa Dourada firma convênio com a Conab visando auxiliar pescadores

06081104

A Companhia Nacional de Abastecimento-Conab, com apoio da CATI-Regional de Dracena, firmou um convênio com a Associação Lagoa Dourada, cujo propósito é o de auxiliar tantos os pescadores profissionais, quanto entidades assistenciais do município de Panorama. Segundo Orisvaldo Barreto, presidente da Associação Lagoa Dourada, cerca de 39 pescadores cadastrados como profissionais e que vivem exclusivamente da pesca, serão beneficiados com o convênio. Para ele, todos os peixes que forem capturados por esses pescadores, serão adquiridos pela Conab, eliminando assim, a figura do atravessador. A proposta é de se fixar um teto de venda para os pescadores e esses ao entregar os produtos, poderão retirar o dinheiro correspondente, direto na agência do Banco do Brasil. Assim, segundo Barreto, os pescadores estarão vendendo seus peixes pelo preço de mercado, o que consequentemente terão maiores ganhos. A Conab comprará toda a produção durante o prazo de validade do convênio, que prevê repasse de recursos da ordem de R$ 165.000,00, valor esse dentro do Programa de Aquisição de Alimentos. Os produtos serão entregues  no entreposto, que passará por uma remodelação, e em seguida serão doados para as seguintes entidades: Fundo Social da Igreja Matriz de São José, APAE e Napac. O documento final, foi entregue em encontro havido na Casa da  Agricultura de Panorama com o seu responsável, o engenheiro agrônomo Luiz Alberto, bem como o presidente da Associação Lagoa Dourada e o diretor superintendente da Colonia de Pescadores, Claudionor Ribeiro da Solva. A princípio estarão sendo comercializados tilápia, curimba, traira e piau. e o encerramento do programa será em junho de 2012. Segundo informações, novos projetos serão montados para beneficiar outros pescadores, como da mesma forma, outras entidades, podendo até mesmo serem incluidas cidades da região. O presidente da Associação Lagoa Dourada alega que com isso, serão beneficiados os pescadores, as entidades e consequentemente o comércio local, que estará absorvendo mensalmente uma quantia razoável, fruto dos trabalhos dos pescadores beneficiados.


You can Deixar uma resposta, ou deixar um trackback de seu próprio site.