Apesar dos problemas de instabilidade econômica vivida no Brasil setor ceramista sente melhora

19081703

Com o agravamento da situação economica do país, muitos setores produtivos ou mesmo comércio e prestações de serviços, paralisaram suas atividades, ou até mesmo reduziram o ritmo de suas ações. Como não poderia deixar de ser, Panorama foi afetado também num dos principais setores de sua economia, ou seja o ceramista. Com as incertezas das diretrizes do governo, como da mesma forma a situação política vivida, com denúncias de corrupção envolvendo nomes de todos os partidos e posições, houve um esfriamento em quase todos os setores produtivos, incluindo o ceramista, que até então era responsável pelo equilibrio da economia panoramense.
Diante de tudo isso, bem como os problemas e barreiras que foram enfrentados pelos ceramistas, muito optaram por reduzir a produção para evitar danos maiores. Mesmo assim, a Incoesp, a entidade que vem dando suporte aos projetos em conjunto de todos os ceramistas associados, nunca deixou de acreditar na possibilidade de um aquecimento e consequente retomada das atividades.
Houve realmente uma redução drástica na comercialização de tijolos para a construção civil e assim, uma cautela em relação ao futuro do setor. Segundo consta, todos foram cautelosos e esperançosos de que a situação seria revertida.
Conforme informação os ceramistas da região do oeste paulista, a procura de tijolos nestes últimos meses tem aumentado, E devoluções de cheques tambem caíram, “Sinal que o mercado está melhorando”, assegura Milton Salzeda da Incoesp. Complementa ainda que “Outro sinal positivo foi a procura de compradores da região de Bauru, mercado este que havíamos perdido por causa da balança rodoviária e tambem da região de Tatuí e Itu que estavam atendendo o mercado”. Essa realmente era uma grande barreira para Panorama.
Salzeda conclue que “os estoques de tijolos estão baixo, e o setor espera que não seja uma reação dos saques do FGTS. E que o mercado continue ativo. Somos brasileiros e queremos trabalhar, não é qualquer crise que vai nos tirar do mercado”, brada em posição posita, como a Incoesp sempre fez e transferia para seus associados.


You can Deixar uma resposta, ou deixar um trackback de seu próprio site.
Powered by WordPress | Designed by: Free Web Space | Thanks to Highest CD Rates, Boat Insurance and UK Fiverr