O Beira Rio tem 82% de preferência e 12% pelo nome popular como é também conhecido

07101702

No Destaque Empresarial, trabalho levado a efeito pela Associação Comercial Empresarial de Panorama, como jornal impresso, O Beira Rio como nome registrado obteve 82% da preferência dos leitores e, como título informal “jornal de Panorama”, mais 12%. O jornal em segundo lugar da preferência dos leitores ficou com 5% e os demais 1%.
Fundado para defender os interesses de Panorama e sua gente, O Beira Rio sempre teve o apoio de seus leitores, do comércio e suas autoridades. Em relação a Câmara Municipal a parceria teve início deste as primeiras edições do jornal, que já está no seu 25 de circulação, que para impacto de marketing, circulando por ¼ de século em Panorama.
Alguns leitores ouvidos pelo jornal, argumentaram que o O Beira Rio não é um órgão de informação da impressa marrom, ou mesmo que se preocupa com tragédia, como se vê em grande parte da imprensa, sendo certo que canais de televisão dão corpo a programas que só vivem da exploração do crime, da tragédia e do mundo cão.
É notório que muitas conquistas de Panorama, foram possíveis pelo trabalho da comunidade e, também com um apoio do jornal. Embora seja um jornal comercial, renunciou oficialmente a cobrança de publicações de atos oficiais de entidades sem fins lucrativos, cujo objetivo é o bem estar das pessoas. Está sempre se colocando a disposição da NAPAC, APAE, Incoesp, ACE, com matérias visando o crescimento dessas instituições.
Durante toda a sua vida de mídia em Panorama, este jornal já conviveu com outras cinco publicações talvez com os mesmos objetivos. Chegaram a circular em Panorama sem qualquer problema, pois entendem que há espaço para todos, porém, no caso de Panorama e cidades de seu porte, existam limitações, tendo em vista o alto custo para se manter uma estrutura de mídia impressa. Mas não tiveram vida longa.
A sua linha editorial, segundo lembrou um leitor, tem tudo a ver com uma imprensa que prima pela qualidade do que se pretende informar, mais com espírito de opinião que meramente informativo, mesmo não deixando de atender a esse último, pois é base primordial da comunicação.
A preocupação do jornal é apenas atender também a Comarca, sendo certo que os leitores dificilmente vão encontrar matérias informativas de outras cidades da região e até mesmo de informações quer política, esportiva, econômica e outras de nível nacional.
A direção editorial de O Beira Rio, transferiu para este, conhecimentos obtidos durante os 25 anos em que trabalhou junto ao jornal O Estado de São Paulo, fazendo a cobertura de toda a região na Alta Paulista e até mesmo da Sorocabana. Na época de ouro do noticiário regional, Panorama era tido como um ponto de referência e apoio dos jornalistas que trabalhavam naquela empresa.
Pelo fato de que a grande imprensa via essas qualidades em Panorama, foi o que levou uma empresa de comunicação a implantar um jornal em Panorama. A mesma empresa edita ainda mais duas publicações: o jornal A Mensagem de Santo Expedito, já no seu 16° ano de circulação. Como em Panorama, aquela cidade recebeu muita força para o seu turismo, dentro do Religioso. O jornal A VOZ de Irapuru, no seu 29° ano de circulação que como bandeira foi de importância para se fortalecer o Caipirapuru, uma das maiores festas da música raiz do Brasil. Pela defesa da cultura popular, é conhecida como a Capital da Cultura Caipira do centro-oeste do Estado.
Embora mantendo também a mesma linha e, com aproveitamento do mesmo conteúdo informativo, a versão eletrônica de O Beira Rio, foi a segunda na preferência dos internautas.


You can Deixar uma resposta, ou deixar um trackback de seu próprio site.